Registe-se na nossa Mailling List e receba EM EXCLUSIVO as nossas Novidades, Ofertas e Actualizações!
E-mail:
Guia da Auto-Estima
Porque você é muito mais importante do que pensa!...

Com este site procuramos trazer às pessoas depressivas, não necessariamente a cura mas o conflito dos seus conflitos existenciais e a conscientização de que somente pelo auto-conhecimento, caminhos alternativos poderão surgir. A forma como nos sentimos acerca de nós mesmos é algo que afecta crucialmente todos os aspectos da nossa experiência desde a maneira como agimos no trabalho, no amor e nas relações sexuais, até o modo como actuamos como pais e como amigos, e até onde provavelmente subiremos na vida. As nossas reacções aos acontecimentos do quotidiano são determinadas por quem e pelo que pensamos que somos. Os dramas da nossa vida são reflexo das visões mais íntimas que temos de nós mesmos. Além de problemas biológicos, não conseguimos pensar em uma única dificuldade psicológica - da ansiedade ao medo da intimidade ou do sucesso, ao abuso de álcool ou drogas, às deficiências na escola ou no trabalho, ao espancamento de companheiros e filhos, às disfunções sexuais ou à imaturidade, ao suicídio ou aos crimes violentos - que não esteja relacionada com um proliferação de um espírito negativo. Muitos de nós sofremos de sentimentos de inadequação, insegurança, dúvida, culpa e medo de uma participação plena na vida - um sentimento vago de "eu não sou suficiente". Apesar de esses sentimentos nem sempre serem reconhecidos e confirmados de imediato, eles existem.


A procura da cura, das saídas, a luz ao fim do túnel, exige uma longa caminhada e certamente nunca fácil. Em suma, a doença é nossa e cabe a nós mesmos assumi-la. É um estandarte que outra pessoa não poderá carregar e no máximo, ela apenas poderá compartilhar da nossa viagem. Avalie como andam os seus relacionamentos, seja em casa, na sociedade ou no trabalho. Alguma coisa mudou? Até que ponto aprecia a sua tristeza? Sente-se só e abandonado? O que faz para que as pessoas se afastem de si? O seu humor varia com frequência? Quando troca apenas algumas palavras já sente a necessidade de agredir o seu interlocutor? Ou já não existe diálogo? O seu mundo está mudo?



O que tem feito para manter os seus relacionamentos? Está amargo e a vida não tem sentido? O que espera da sua amizade, do seu amor e dos seus sonhos? Como compartilhar o que não tem para dividir? Poderíamos encher páginas e páginas de perguntas para as quais só tinha uma resposta: "Não tenho feito nada para cultivar o meu lado afectivo!"



Com o Guia da Auto-Estima tem agora uma excelente oportunidade para mudar tudo aquilo que gosta menos em si como ser humano e nos aspectos que envolvem a sua vida social ou familiar.
Na verdade, cada ser vivente possui a sua própria forma de lidar com as questões que o perturbam, existindo na realidade múltiplas formas de lidar com cada situação e consequentemente de a ultrapassar. Por entre diversas situações na vida de uma pessoa que fazem despoletar os sentimentos depressivos encontram-se alguns relacionados com a tristeza, derrota, amargura, entre outros, e que colocam a pessoa num estado emocional pouco favorável ao optimismo.

Aqui vão alguns conselhos para se animar um pouco mais com tudo o que a(o) rodeia, passam desde relevar um pouco mais as atitudes dos outros, sem se deixar afectar por comportamentos que lhe possam perturbar. Se a(o) fizer sentir melhor com o seu próprio corpo emagrecer, do que está à espera? Levante-se já do sofá e comece a fazer exercício diariamente!!! Pode inscrever-se numa academia de desporto para que tenha o acompanhamento devido de um técnico.

Acompanhe a sua prática desportiva comuma Dieta Alimentar, mas moderada, sem cometer excessos! A sua silhueta mudando, também o seu sorriso irá melhorar. Experimente fazer uma dieta 100% saudável e ao seu ritmo - Manual das Dietas - sem passar fome e sem fazer sacrifícios!

Um novo amor poderá ainda ser aquilo que lhe estava a faltar... Ao sentir-se bem consigo mesma(o), vai certamente estar com mais abertura para amar, mais disponível para o Amor. Certamente não lhe faltarão propostas para novos relacionamentos amorosos! Aproveite a nova onda de Amor e Romantismo e façam umas Férias Românticas juntos.

Felizmente que possuímos um cérebro dinâmico. É possível afastarmos os maus pensamentos do nosso cérebro e assim substituí-los por novos, mais renovados, positivos e animadores. Podemos moldá-lo de uma forma consciente, para que funcione de uma forma mais positiva e confiante.

É importante que a imagem que temos de nós próprios seja uma imagem clara, para que persista uma imagem de auto-confiança nos nossos pensamentos e consequentemente nas atitudes que tomamos perante a vida.

Devem ser abandonados tanto os pensamentos menos positivos, como os vícios.

Um passo importante a ser tomado para aumentar a auto-estima é precisamente abandonar os vícios. Agora o tabaco tem os dias contados! Os fumadores que pretendam tomar a atitude de deixar de fumar, de forma 100% Natural têm finalmente um apoio especial intitulado Vício de Fumar. Este método tem já levantado a auto-estima de algumas pessoas, pois é passível de ser exercitado ao ritmo pessoal de cada fumador.

Saiba que ao sentirmo-nos bem connosco próprios a nossa beleza interior sobressai com mais facilidade, e a beleza externa tornar-se à num belo complemento para os sentimentos optimistas que emana de dentro de si.

 


próxima